segunda-feira, 23 de julho de 2007

O QUE É POESIA? - Pequena aventura/colagem ao redor da questão

A criança que brinca e o poeta que faz um poema estão ambos na mesma idade mágica. – Mario Quintana

A poesia ajuda a respirar bem. \ Os poetas nos ajudarão a descobrir em nós uma alegria tão expressiva ao contemplar as coisas que às vezes viveremos, diante de um objeto próximo, o engrandecimento de nosso espaço íntimo. \ Todo conhecimento da intimidade das coisas é imediatamente um poema. – Gaston Bachelard.

A poesia é uma arte da linguagem, certas combinações de palavras podem produzir uma emoção que outras não produzem, e que denominamos poética. – Paul Valery

Descobri com a minha filha de nove anos que a poesia é a descoberta das coisas que nunca vi. . – Osvald de Andrade.

Cada palavra tem seu perfume, sua cor, sua alma. – Maiakovski.

Poesia é uma ou duas palavras e por trás uma imensa paisagem. – Ana Cristina César.

A infância é a poesia da vida. A poesia é a infância do mundo. – Boris Novak.

Uma palavra é um bracelete de encantamentos vocais. – Murray Schafer.

A poesia é o brinquedo das cismas. Os poetas foram crianças sós e pobres que adoravam se divertir com os próprios devaneios, substituindo com vantagens, para o desenvolvimento de sua criatividade, as programações estandardizadas dos jardins de infância e os discutíveis brinquedos pedagógicos, não obstante o primeiro impacto de sua engenhosidade. Entregue a si mesma, sua imaginação recebe e emite aladas mensagens, através do resplendor mágico que anima de gradações de arco-íris o suceder de seus dias. - Cyro Martins, em "Nota sobre Mario Quintana".

O poema é antes de tudo um inutensílio. – Manoel de Barros.

Se procurar bem você acaba encontrando. / Não a explicação (duvidosa) da vida, / Mas a poesia (inexplicável) da vida. – Carlos Drummond de Andrade

Água parada / sonhando na poça / não move moinhos / mas em compensação / mata a sede / dos passarinhos – Hélio Leite.

Hay que podar as metáforas. / hay que tirar o pé das estrofes. / hay que fazer a barba aos ritmos. / hay que tirar o sutiã da lírica. / hay que botar na bunda da poética. / hay que tirar o mofo das rimas. / hay que abrir a porta à loucura. — Sebastião Nunes

Talento e astúcia requerem / a perícia consumada / de falar sem dizer nada / quando não há nada a dizer... – Helena Kolody.

Uma parte de mim / é todo mundo. / Outra parte é ninguém: / fundo sem fundo. / Uma parte de mim / almoça e janta: / outra parte se espanta. / Traduzir uma parte / na outra parte, / que é uma questão / de vida ou morte, / será arte? – Ferreira Gullar.

Página que não / dá poema, / dá pena. – Alice Ruiz.

Cada palavra uma folha / no lugar certo / Uma flor de vez em quando / um ramo aberto / Um pássaro parecia / pousado e perto / Mas não: que ia e vinha / o verso pelo universo – - Cecília Meireles.

Acordei bemol / tudo estava sustenido / sol fazia / só não fazia sentido – Paulo Leminski.

A COISA – A gente pensa uma coisa, acaba escrevendo outra e o leitor entende uma terceira coisa... E, enquanto se passa tudo isso, a coisa propriamente dita começa a desconfiar que não foi propriamente dita. – Mario Quintana.

A poesia não é uma liberação da emoção, mas uma fuga da emoção; não é a expressão da personalidade, mas uma fuga da personalidade. Naturalmente, porém, apenas aqueles que têm personalidade e emoções sabem o que significa querer escapar dessas coisas. - T.S Elliot.

Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas. - Federico Garcia Lorca.

A poesia está guardada nas palavras. – Manoel de Barros.

Um grão de poesia basta para perfumar todo um século. - José Martí

Nós polimos as almas com a lixa do verso. – Maiakovski.

A poesia nos deve surpreender pelo seu delicado excesso e não porque é diferente. Os versos devem tocar nosso próximo, como se ele tivesse lembrado algo que nas noites dos tempos já conhecia em seu coração. A beleza de um poema não está na capacidade que ele tem de deixar o leitor contente. A poesia é sempre uma surpresa, capaz de nos tirar a respiração por alguns momentos. Ela deve permanecer em nossas vidas como o pôr do sol: Algo milagroso e natural ao mesmo tempo. – John Keats.

De tudo o que está escrito, eu amo somente aquilo que o homem escrever com seu próprio sangue. – Nietzsche.

Devemos andar sempre bêbados. Tudo se resume nisto: é a única solução. Para não sentires o tremendo fardo do Tempo que te despedaça os ombros e te verga para a terra, deves embriagar-te sem cessar. Mas com quê? Com vinho, com poesia ou com a virtude, a teu gosto. Mas embriaga-te. E se alguma vez, nos degraus de um palácio, sobre as verdes ervas duma vala, na solidão morna do teu quarto, tu acordares com a embriaguez já atenuada ou desaparecida, pergunta ao vento, à onda, à estrela, à ave, ao relógio, a tudo o que se passou, a tudo o que gemeu, a tudo o que gira, a tudo o que canta, a tudo o que fala, pergunta-lhes que horas são: "São horas de te embriagares!" Para não seres como os escravos martirizados do Tempo, embriaga-te, embriaga-te sem cessar! Com vinho, com poesia, ou com a virtude, a teu gosto. - Charles Baudelaire-1867.

Poesia é a infância reencontrada. – Charles Baudelaire-1867.

O poema é um ser de linguagem, o poeta faz linguagem, fazendo poema. Está sempre criando e recriando a linguagem... Está sempre criando o mundo... a linguagem é um ser vivo... É como uma pessoa que diz sempre que quer ser compreendida. Mas o que ela quer mesmo é ser amada. – Décio Pignatari

Não há poema em si, mas em mim ou em ti. – Otávio Paz

Eu não forneço nenhuma regra para que uma pessoa se torne poeta e escreva versos. E, em geral, tais regras não existem. Chama-se poeta justamente o homem que cria estas regras poéticas. - Maiakóvski

A alegria é a prova dos nove. – Osvald de Andrade.

O que faço nunca me interessa se não comportar alegria. – Maiakovski.

Um poeta é sempre união do vento e da água e deixa seu ritmo por onde passa. - Cecília Meireles.

...........................................................

PS.
Definir é matar, sugerir é criar. – Mallarmé

Um comentário:

Lúcia Bins Ely disse...

"quando tudo está destruído
a única possibilidade é poética."
acrescento às demais essa máxima do Grupo Cero... de: Miguel Oscar Menassa.
VIVA A POESIA!
Lúcia Bins Ely